Paris ou Roma?

Atualizado: Jan 15

Recentemente, na minha viagem de quase 1 mês pela Europa, eu e duas amigas Leticia e Patricia, passamos por pelo menos 6 grandes cidades do velho continente: Munique e Berlim na Alemanha, Milão e Roma na Itália, Paris na França e Londres na Inglaterra. Mas por que um comparativo apenas entre as capitais francesa e italiana? Porque são dois destinos em que todos pensam quando o foco é comida, romantismo, história, arte e cultura! São cidades que não têm o intuito de serem capitais mundiais, mas sabem que são amadas por 9 em cada 10 cidadãos do mundo. Elas são egocêntricas, especialistas em cativar seus visitantes, e a nós, turistas, basta aceitarmos que somos hipnotizados pelos seus encantos, relaxarmos e nos deleitarmos com tantas coisas maravilhosas para se ver, fazer e claro, para comer! Então qual é a melhor: Paris ou Roma?




Primeiro é importante que todos tenham consciência de que gosto é algo extremamente pessoal e, mais ainda, as experiências humanas nunca se repetem. Você pode ter ideias pré-concebidas de determinado local e, de repente, quando conhece pessoalmente, tem vivências opostas aquilo que sua mente tinha construído. Enfim, se Paris ou Roma é melhor pra mim, isso pertence exclusivamente a mim. Para ter a sua ideia e poder responder a essa pergunta, com certeza você terá que experimentar cada uma delas, a sua maneira e ao seu sabor, mas sempre contando com a I Love Travel para te dar as melhores dicas durante toda a viagem!

A justificativa está explicadinha logo abaixo, mas a resposta bem objetiva eu escrevo aqui:  foi em Roma que deixei meu coração!

Paris é linda e tem uma fotogenia imbatível. Engraçado que no táxi, do aeroporto até nosso hotel, o caminho começou com trânsito muito pesado. Aliás, quem acha que os italianos tem trânsito desorganizado e caótico não deve ter prestado muita atenção em Paris! Trânsito ruim, xingamentos gratuitos e buzinada, e a estrada que leva de Charles de Gaulle até Paris não foi das mais agradáveis. Sujeira, túneis feios, bem diferentes do que passamos na Itália e na Alemanha, além de prédios e edifícios tristes, muita poluição.

Porém, pouco a pouco, junto com os últimos raios de sol em meio às nuvens pretas do céu carregado da cidade, eis que Paris se mostra de verdade e você logo entende que a cidade tem uma beleza muito fácil. Sim, Paris é linda em quase todos os ângulos r tem uma identidade única! Mas, se Roma é a minha queridinha, é dela que eu vou falar!


CORES DO OUTONO

Roma é fotogênica também, ambas dividem várias similaridades, só que Roma tem um algo a mais que senti diversas vezes. De repente seu taxista informa que a rua do seu hotel chegou e diz com toda naturalidade: “o Coliseu é logo virando à esquerda” . Você vira seu rosto e vem aquele arrepio que toma conta do corpo todo. Você não precisa entender história, você não precisa gostar de antiguidade, Roma te impacta a todo momento.



COLOSSAL

A Praça Di Spana e o ângulo da escadaria, as pessoas animadas, felizes em volta das fontes, o visual de cima: tudo está em grandes proporções! A praça Navona e seus artistas de rua, obras de arte contemporânea e, a cada passo, cada restaurante disputando mais glamour e fazendo seus shows de blues, música clássica e até mágica para seus clientes. O mesmo efeito incrível se seguiu com o Panteão, o lindíssimo parque da Vila Burghese, a Porta Pinciana…

Ah, Roma e seus detalhes! Em apenas um dia vivemos todas essas sensações e ainda tenho muito mais para contar pra vocês! Logo logo a segunda parte do relato estará aqui em nosso blog e redes sociais, assim você pode viajar comigo e planejar seu próprio roteiro.

Até mais!

© 2019  I Love Travel.  Todos os direitos Reservados. Criado por Nave Estúdio Criativo